• Emanuelle Tinel

Como anda a sua Saúde Mental?

O Brasil foi considerado pela Organização Mundial de Saúde – OMS, como o país mais ansioso do mundo e ocupa a 5° posição como o país mais depressivo. A depressão e a ansiedade são responsáveis pela 5° e 6° posição de incapacidade laboral no país.

No mundo, estima-se que cerca de 30% da população adulta, tenha algum transtorno mental e 80% destas pessoas se encontram em países de baixa e média renda.

Constantemente, a desigualdade social é correlacionada com o aparecimento de adoecimento mental, sendo observada nas pesquisas uma maior prevalência e incidência em pessoas de níveis socioeconômicos mais baixos. Este é um retrato da violação de direitos humanos, haja vista que o acesso à saúde é um direito de todos.

Assim, a falta de assistência do Estado à população é considerada como um fator de risco. Somado a isto, as crises econômica e sanitária – intensificadas com a pandemia de Covid-19 -, impactam negativamente na saúde mental dos brasileiros.

Entre os sintomas deste impacto negativo, estão a tristeza e o cansaço constantes, variações de humor frequentes, dificuldades nas relações pessoais e no trabalho, excesso ou falta de fome e sono alterado. A exaustão física e emocional é um forte indicativo que você precisa de auxílio profissional.

Investir em saúde mental é uma necessidade urgente! Fique alerta aos sinais e busque ajuda profissional, se necessário. Além de diversos profissionais que atendem com valores sociais, você também pode procurar o Posto de saúde do seu bairro e buscar um encaminhamento.





23 visualizações2 comentários